O que é SEO? Técnicas de SEO para conteúdo

tecnicas de seo

Muito se fala em SEO, mas você sabe o que ele é e como técnicas de SEO podem ajudar o seu site a alcançar mais clientes?

Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca, são técnicas utilizadas para que um site alcance boas posições nas ferramentas como Google, Bing e outros sites de pesquisa. 

Essas técnicas, quando bem empregadas, podem levar o alcance de um site a patamares altíssimos. Entenda como isso funciona e quais os principais conceitos de SEO. 

Qual a importância de estar bem posicionado na busca orgânica do Google?

O Google é a ferramenta de buscas mais usada no mundo — diariamente, são mais de 3 bilhões de pesquisas. Só com essa informação já é possível entender que aparecer na busca do Google é importante e pode atrair os clientes para o seu negócio. 

Quando se trata de busca orgânica, isso se torna ainda mais importante. Essas buscas são as não patrocinadas, ou seja, quando o Google indexa o seu conteúdo simplesmente por ele ser bom e útil, sem que você precise pagar. 

Não nos entenda errado: aparecer no Google em anúncios também é uma estratégia muito interessante. Porém, quando sua empresa é mostrada organicamente, você não paga nada a mais por isso.

Mas como aparecer organicamente no Google? Isso é alcançado com um trabalho de SEO, saiba mais. 

Conceitos básicos para escrever conteúdo para SEO

SEO, ou Search Engine Optimization, é a otimização do conteúdo para as ferramentas de busca. Ou seja: quando um texto ou página do seu site é feito de forma agradável para o algoritmo.

Os conceitos básicos envolvem o uso de palavras-chave, um site com boa usabilidade, adição de hiperlinks, entre outras práticas. 

Explicaremos melhor ao longo do texto. Por hora, entenda que não existe apenas uma forma de fazer SEO. São vários detalhes que tornam o seu site atraente para o Google.

Vantagens de alcançar as primeiras posições no Google

Mais do que aparecer organicamente no Google, é muito vantajoso atingir as primeiras posições no buscador. O motivo é simples. 

Quantas vezes você passou da segunda página de buscas no Google? Apostamos que foram poucas, se é que já aconteceu. E todos os usuários são assim!

Aparecer nas primeiras posições da página inicial do Google aumenta as chances do seu site ser acessado e angariar leads qualificados, interessados no seu produto ou serviço.

Algoritmo do Google

O algoritmo é como um portão — ele decide o que o usuário vai ver e cada plataforma possui um “robô” com regras específicas para decidir que conteúdo será mostrado. 

Com o Google, não é diferente. Para que seu site ou blog apareça nas primeiras posições do buscador, você deve entender o que o algoritmo procura. 

São vários pontos importantes no que diz respeito ao que é selecionado para estar no topo do Google. Vamos citar os principais.

Como escolher a palavra-chave ideal?

Quando se trata de posts para blog, cada um precisa ter uma palavra-chave. Isso é para que os usuários do Google encontrem conteúdos que sejam realmente relacionados ao que buscaram. 

Portanto, a palavra-chave precisa estar de acordo com o que está no conteúdo. Escolha palavras simples e que resumam o que é abordado, assim não tem erro e nem falsas informações sobre o que o leitor vai encontrar. 

Densidade de uso da palavra-chave

Não basta usar a palavra uma vez no início do texto para que o algoritmo a encontre. É necessário que ao longo do texto, inclusive nos títulos, a palavra-chave esteja presente algumas vezes. E, claro, onde ela faça sentido com o que é dito.

Otimização de Tags

As tags são comandos incluídos dentro do código de um site. Elas só são vistas pelo usuário final quando a página aparece no Google, mas são de extrema importância para que os seus resultados sejam mais satisfatórios.

Existem ferramentas e plugins em cada hospedagem de site, como o WordPress, que permitem inserir essas tags de uma forma mais prática, sem lidar diretamente com os códigos. Saiba a diferença entre as tags.

Meta Title tag

Essa é uma das tags mais importantes, pois se trata do título da página, é a primeira coisa que o usuário verá no Google. Ela deve conter a palavra-chave e não pode ser maior que 60 caracteres. 

Meta Description tag

Logo abaixo da Title Tag, a tag de descrição serve para mostrar um pequeno resumo do que o leitor vai encontrar na página quando acessar. Ela deve conter a palavra-chave, também, e ser bem sucinta e objetiva. 

Heading Tags

As heading tags indicam títulos ao longo do texto. Por exemplo, a heading tag <H1> significa que aquele é o título principal e <H2> se refere ao título secundário. Elas são muito importantes para o algoritmo. 

Linkagem

Outra prática importante para alcançar boas colocações nas páginas do Google é a linkagem. Ela consiste em direcionar quem lê a outros conteúdos que são complementares e interessantes no mesmo assunto. 

Isso é conhecido como link building, uma prática que ajuda o “robô” a entender que o seu conteúdo é valioso para quem o acessa. Existem duas formas de fazer isso: com a linkagem interna e externa. 

Interna

A linkagem interna, como o nome indica, é aquela que leva o leitor a outra página dentro do mesmo site. É muito útil para manter o usuário dentro do seu site, consumindo outros conteúdos e reconhecendo a empresa como autoridade. 

Externa

A linkagem externa faz o contrário, ela leva os usuários a outros sites fora do domínio em que estão. O mais indicado é incluir links externos de outros sites que são referência no assunto tratado. 

Uso de imagens

As imagens são ótimas para complementar o que é dito em um conteúdo. Tudo que é recurso visual ajuda o leitor a entender melhor os pontos abordados no texto. 

Nas boas práticas de SEO, todas as imagens precisam ser relacionadas com o assunto. Para isso, é importante incluir a palavra-chave no título alternativo da imagem.

Tamanho do Texto

Para que o Google classifique o texto como bom e o inclua na primeira página, ele deve ter o tamanho correto, nem muito curto e nem longo demais. 

O mais recomendado é que os textos não possuam menos de 300 palavras, ou mais de 2000. Dessa forma, você pode definir o que é mais importante de se incluir, mas sem deixar informações de fora.

CTAs ou chamadas para ação

Em alguns casos, principalmente quando o objetivo da página é levar o usuário a realizar uma ação, como se inscrever em uma newsletter ou entrar em contato, você pode usar termos que o convidam a isso. 

Alguns exemplos de CTA são: clique aqui, saiba mais, se inscreva, entre outros. Use com moderação. 

Faça um conteúdo melhor do que o seu concorrente!

Para que o seu conteúdo seja melhor e mais completo que o do concorrente, o mais importante é estudar a estratégia dele. Quais são as palavras-chave usadas? O que pode melhorar nos textos?

Sabendo disso, você pode apostar em um conteúdo original e mais atrativo para quem busca aquele assunto, se tornando uma referência maior. 

Dicas técnicas de SEO para otimizar seu blog e conteúdo

Pode parecer muito e, realmente, são vários detalhes que influenciam na posição do seu site no Google. Para começar, existem algumas técnicas simples e que, se aplicadas, fazem a diferença no SEO de um blog ou site. 

Lembrando que, esses são apenas alguns primeiros passos. Uma estratégia bem sucedida de SEO conta com muitas fases de análise e aplicação. 

Analise seus conteúdos e veja quais podem alcançar a primeira posição.

Entre os conteúdos que você já possui no site, ou os que deseja incluir, quais tem a maior chance de chegarem à primeira posição?

Isso pode ser checado por meio do estudo das palavras-chave, observando quais delas são mais pesquisadas diariamente e, assim, criando algo que responderá às questões feitas pelos usuários no Google. 

Analise quais os títulos H1 e H2 a concorrência está utilizando

Após identificar as devidas palavras-chave, é possível visitar as páginas que estão atualmente nos primeiros lugares da busca. 

Analise o que é dito nesses textos e quais são as heading tags usadas. O objetivo é oferecer um conteúdo mais completo e mais amigável para SEO. 

Consiga backlinks de sites relevantes

Os backlinks são linkagens feitas por outros sites que levam o usuário até o seu. Eles são muito úteis por mostrarem ao algoritmo que um blog é referência no assunto. 

Com bons conteúdos, o seu blog será usado como exemplo em outros sites. Isso também pode ser feito por meio de parcerias. 

Conte com especialistas

Manter um blog atualizado seguindo as boas práticas de SEO demanda tempo e esforço, pois as regras passam por mudanças periódicas. Entretanto, os resultados são muito satisfatórios, com o aumento de visitas e atração de clientes. 

Se você quer começar a empregar as práticas em seu blog, mas não sabe como começar e não entende do assunto, conte com nossos especialistas SEO

Estamos prontos para analisar o seu site e indicar o melhor caminho a ser seguido para alcançar os seus objetivos.

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Facebook
Twitter
LinkedIn

Leia também

Seja Wiki WordPress

Estamos constantemente postando conteúdo para fortalecer o conhecimento de desenvolvedores e webdesigners. Faça parte da comunidade Wiki WordPress!